bibliotecas.png

LIVROS

O QUE RESTA DAS CINZAS

Adquira o livro autografado do psicanalista Me. Marco Corrêa Leite

Marco Leite encontra o nome nas letras que se refugiam entre outras letras. Cada uma das letras que compõem o nome próprio do que seria o autor destes poemas aparece no interior de uma ou duas palavras de cada fração escrita. São estilhaços do nome próprio nos escritos de letras que fazem poesia.

A poesia, o poema, o verso, o fragmento invocam a leitura em voz alta, a sonoridade de cada fonema, a vibração do timbre. Não é uma leitura silenciosa a que pede o livro, e, sim, uma posição corporal, o olho orientado para a marca do traço, a língua dando no paladar e nos dentes, a saliva molhando os lábios para fazer o objeto sair da boca.

A trama da poesia e da psicanálise no limite da impossibilidade de fazer sentido recriam uma autobiografia inaudita de Marco Leite.

Texto escrito por Daniel Omar Perez

lancamento-o-que-resta-das-cinzas.jpg