Buscar
  • Instituto ESPE

A Clínica Psicanalítica Lacaniana e a Linguagem


Pensando nas dificuldades dos alunos em compreender os termos lacanianos, o Instituto ESPE preparou uma série intitulada de Glossário Lacaniano, apresentada pelo psicanalista Dr. Alexandre Simões, composta por 12 matérias, em que iremos contextualizá-los sobre os principais termos lacanianos e ainda disponibilizar referências para a continuidade do estudo!



As relações da Psicanálise com a linguagem sempre foram enfatizadas por Lacan, ao longo de diversos momentos de seu ensino, desde os instantes iniciais de sua transmissão (anos 1950) até o momento mais tardio (final dos anos 1970). Estas relações são multifacetadas, mas têm como elemento central a Linguística Estrutural estabelecida ao início do século XX pelo linguista suíço Ferdinand de Saussure e, junto a isto, a noção de Primazia do Significante. Ao ver de Lacan, o passo inaugural estabelecido por Freud, ao fundar a Psicanálise por meio do conceito de Inconsciente (e suas amplas consequências clínicas), pode ser melhor localizado ao reconhecermos a íntima relação entre este campo e a linguagem. É por esta via que dois aspectos cruciais à Clínica Lacaniana se colocam: o “retorno a Freud” e a tese do “Inconsciente estruturado como uma linguagem”. A justa e constante localização destes dois pontos de partida são imprescindíveis para localizarmos com clareza o que vem a ser o ofício do psicanalista.





INDICAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS PARA CONTINUIDADE DO ESTUDO:


ARRIVÉ, Michel. Linguagem e psicanálise, linguística e inconsciente— Freud, Saussure, Pichon, Lacan. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999

CABAS, Antonio Godino. Curso e discurso na obra de Jacques Lacan. São Paulo: Maoraes, 1982

COUTINHO JORGE, Marco Antonio. Fundamentos da psicanálise; de Freud e Lacan, vol.1. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000.

LONGO, Leila. Psicanálise e linguagem. Rio de Janeiro: Zahar, 2006.

MILLER Jacques-Alain. Percurso de Lacan: uma introdução. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1987.





Gostou do conteúdo? Assine gratuitamente o Instituto ESPE e receba conteúdos diários de Psicanálise!





510 visualizações0 comentário